segunda-feira, 3 de agosto de 2009

O ônibus turístico de Bruxelas

Bonjour!

Os dias em Bruxelas têm sido lindos! Amanhece um pouco frio, mas lá pelo meio dia esquenta e só vai esfriar de novo lá pras 21h30. A cidade tem um vento mais frio que o de Paris e para aqueles que são mais sensíveis é bom trazer um casaco.
Logo no nosso segundo dia aqui descobrimos um ônibus turístico chamado “Brussels city tour” que faz um trajeto por toda a cidade. Foi o que nos salvou por aqui já que não estávamos entendendo os caminhos e ruas da cidade... Paga-se 18 euros e pode-se andar quantas vezes quiser durante 24 horas, podendo subir e descer nos pontos turísticos. O ônibus tem um fone de ouvido em que se pode ouvir sobre a história da cidade e de seus pontos principais em 8 línguas diferentes (menos português, é claro...). Ouvimos parte em francês e parte em espanhol.
Primeiro demos uma volta completa para tentar fazer um reconhecimento da cidade e descobrir quais eram os lugares em que valia a pena descer. Depois de 1h30 de passeio descobrimos o quanto Bruxelas é grande! Essa coisa de cidade pequena que se conhece em uma tarde é balela! Bruxelas tem uma cultura riquíssima, com diversos museus, praças, igrejas, monumentos...impossível conhecer tudo em um dia! As pessoas que dizem que isso é possível, provavelmente, são aquelas que vêm apenas ao centro histórico, olham a estátua do Manneken Pis, a Grand Place e compram chocolates. Contudo Bruxelas é muito mais que isso! Bruxelas tem um centro comercial moderno, com prédios gigantescos, chamado de “Manhatan Bruxelense”. Ele fica na parte mais ao norte da cidade e lá existe a versão bruxelense das Torres gêmeas.



Há também o parlamento europeu, afinal, Bruxelas não é apenas a capital da Bélgica, mas também a capital da Europa. É aqui que se reúnem os líderes dos países que formam a união europeia para decidirem os rumos que serão tomados por esse bloco econômico.



A Bélgica é uma monarquia e o país é dividido em duas partes: uma chamada de Valônia, com influência francesa, onde está situada Bruxelas e outra chamada de Flandres, com influência holandesa onde estão cidades como Bruges e Antuérpia. A Bélgica é um país independente desde 1830, tem uma economia forte ( preços relativamente caros em relação à Paris) e muitos imigrantes árabes. Aliás, fiquei impressionada com a quantidade de pedintes árabes que vimos nas ruas.
Também há muita gente estranha, meio doida, andando pelas ruas. Não chegam a incomodar. Outra coisa que vimos aos montes foram artistas de rua. Daqueles que tocam em qualquer lugar pra ganhar um trocado. E o mais interessante é que os pais, desde cedo, ensinam os filhos a colocar moedinhas nas latas desses artistas, assim as crianças entendem que aquilo é arte e merece pagamento.

Durante esse passeio de ônibus turístico, paramos no “Atomium”.É uma espécie de Torre Eiffel bruxelense, pois foi um monumento também construído para uma exposição, na feira de 1958, e que seria demolido após a exposição, porém, assim como a Torre, ele se tornou símbolo da cidade e permanece até hoje. Ele representa um átomo aumentado 65 milhões de vezes, foi criado para homenagear a indústria siderúrgica da Bélgica, que é muito importante por aqui. Nessa exposição de 1958 também foi apresentado ao mundo o Sputinick, o primeiro satélite do mundo.



Dentro do Atomium pode-se pagar uma entrada e subir suas escadas rolantes pra conhecer as salas com exposições sobre ciências, mas como não temos muito interesse por esse assunto preferimos ir ao Brupark, que fica ao lado do Atomium e visitar a “Mini Europa”. Trata-se de um parque onde se vê diversos monumentos europeus em versão miniatura. Nem tão miniatura, é verdade, porque a versão da Torre Eiffel é maior do que eu! A entrada custa 12,90 euros e você ganha um guia em uma das 8 línguas possíveis (sem português, de novo!). No guia há a foto ilustrativa de cada monumento e uma explicação sobre ele. Imprescindível para poder acompanhar o percurso.
A mini Europa é muito bonita e a gente tem a verdadeira noção de como a Bélgica é um país importante por abrigar todas aquelas nações em seu parlamento. Para quem deseja fazer essa visita é bom saber que a mini Europa fecha no inverno e só fica aberta de maio a setembro. É um passeio que vale a pena fazer em Bruxelas!
À noite fomos passear pela Grand Place para tentar vê-la iluminada, pois eu tinha ouvido falar que ela ficava muito bonita cheia de luzes. O problema é que aqui, no verão, só anoitece as 21h30 e tivemos que sentar no meio fio (aliás, como metade da população que estava ali) e ficar esperando.
É engraçado como o céu aqui parece mais perto. É claro que eu sei que, estando acima da linha do Equador, o céu realmente está mais perto, mas só tive essa sensação aqui na Bélgica. Lá em Paris eu não havia percebido isso! Talvez porque o céu daqui seja mais azul...
Quando o relógio deu 22h a praça se iluminou! Lindo!! O museu da cidade, que fica em um dos lados ficou todo esverdeado e a prefeitura toda cheia de luz!





Tiramos umas fotos e resolvemos atravessar a praça de um lado a outro...eu me senti atravessando a Torre de Babel! A cada passo, ouvíamos uma língua diferente: era francês, espanhol, italiano, inglês, árabe, português (sim, há muitos brasileiros visitando a Bélgica), além de outras línguas incompreensíveis...
Estávamos quase indo embora, quando às 22h30, em ponto, toda a praça se apagou e a prefeitura começou a piscar! Era um show de luzes e som! Lindo, lindo, lindo!! Eu estudei tanto sobre Bruxelas e nunca tinha ouvido falar nesse show!

Há um jogo de luz e sombras, umas músicas clássicas e o hino da Bélgica. Todos os dias às 22h30 isso acontece! É um espetáculo imperdível pra quem vem a Bruxelas. As fotos postadas aqui, nem de longe, conseguem captar a beleza desse show.




A Bientôt!

VIAGEM REALIZADA EM AGOSTO DE 2009

8 comentários:

Blower's Daughter disse...

Bruxelas parece realmente incrível.
Muitas lojas de chocolate, menininho mijão, prédio belíssimo onde funcionava a prefeitura (e melhor ainda, com direito a show de luz e som!!!), parlamento europeu, Mini Europa, Atomium... enfim, muitaaaa coisa pra se ver, admirar e aprender! Adoreeei que vc foi pra Bruxelas, assim eu aqui pude aprender mais sobre a cidade e ainda ver fotos de lugares maravilhosos!
Eu fico imaginando esse show à noite com luz e som!!! Deve ter sido belíssimooooo! Isso só os olhos e a alma podem captar! Sinta-se uma privilegiada por poder ter presenciado isso! E melhor ainda que foi de surpresa!! Hehehe!
Ah, eu adoreeeei saber que têm mtooos artistas de rua em Bruxelas e que os pais incentivam as crianças a dar moedinhas e a valorizar a arte, isso é ótimo!!! Pena que nem em todo lugar isso acontece!
Tô adorando acompanhar sua viagem!^^
Bjokinhaaas!!!

Eliane disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eliane disse...

Querida Karla!
Não sabia que podia escrever comentários, rssr culpa da minha inexperiência! Agora que sei, gostaria de agradecer por essa descrição de Bruxelas! Muito lindo!!
Vou aguardar o momento de estar lá e me emocionar muito com o show de luzes e o hino da Bélgica! Meu avô era belga!
Sei que será maravilhoso,ainda mais que estarei com meus filhos que também têm sangue belga ! Na volta eu conto!!
Grande beijo e continue nos brindando com seus "deliciosos" blogs.
Ah! Foi um grande prazer conhecer pessoalmente essa grande e professora!!!
Um grande beijo,
Eliane

Anônimo disse...

Suas fotos são maravilhosas!!!Mas, pela data vejo que esteve em Bruxelas no Verão. Estou indo agora em Maio...será que este show de luzes só acontece no verão ou é permanente?

Agradeço muitissimo caso possa me responder

Abraços!!

ॐ Nαтн disse...

Olá!!

Estava procurando na internet saber mais sobre Bruxelas quando encontrei o seu blog.

Li aos poucos e de repente estava totalmente entretida com a narrativa sobre o local!

Quando acabou não gostei...
É que eu ainda queria ler mais... hehehehe

Parabéns pelo texto, aprendi muito com ele!! É bom demais ter uma referência que seja escrita de uma maneira gostosa de ler e que permite que se descubra mais sobre o mundo!

Obrigada por deixar nós brasileiros internautas poder viajar com você através do Blog!

Está SHOW!!!!!!!!!

:)

Soninha disse...

Oi!
Estou procurando informações sobre Bruxelas e encontrei o seu blog.
Adorei a descrição do onibus de turismo, pois é justamente o que procuro.
Vc lembra onde é possível comprar a passagens e pegar esse onibus?
Em um dia dá para conhecer as melhores atrações com ele°
Obrigada!!
Sonia

carmen ... BRASIL disse...

Olá, fiquei muito mais entusiasmada depois que li esclarecimentos detalhados sobre como visitar Bruxelas .Só lastimo não poder visitar a mini europa... viajo dia 25 de outubro para lá!!!

Karla Gê disse...

Eu mesma não conheço nenhum guia, mas já agitei com meus contatos e se alguém conhecer um, vai te escrever!