sábado, 10 de novembro de 2012

Passeando pelo centro histórico de Frankkfurt


Guten Morgen, amigos!

Amanheceu chovendo! Isso é o que eu mais detesto em qualquer viagem: chuva! Mas fazer o quê, já que estamos aqui, temos que sair para conhecer a cidade. O frio está bem razoável, mesmo com chuva. Achei que estaria bem mais frio! Vimos em um relógio que a temperatura variava entre 9 e 11 graus. Bem mais alta do que pensei que estaria. Na rua estava um ventinho gelado e aquela chuva fina que vinha e voltava, mas dentro dos lugares tem calefação, então fica quente e isso me incomodou bastante. Como eu nunca tinha viajado no inverno, não sabia como era essa dinâmica e ficar tirando casaco cada vez que entro num lugar e recolocando quando saio na rua é muito pouco prático. Não sei se vou querer viajar no inverno novamente...
café da manhã do hotel Leonardo

Tomamos café da manhã hotel. Bem gostosinho e farto (para os padrões europeus). Saímos para ir até o Centro Histórico da cidade ver a Market Platz que é a praça principal. É bem bonitinha, com algumas construções interessantes, uma catedral (Dom), algumas outras igrejas no entorno e umas lojinhas para turistas. Ali perto há o Museu do Goethe, mas só passamos na porta, se der tempo, passo lá na segunda para conhecer pelo menos um museu aqui em Frankfurt.

árvores de outono
Não sei se foi pela chuva, pelo fato das árvores estarem amareladas por causa do fim do outono ou porque tinha pouca gente na rua, mas eu achei a cidade meio triste e sem muitos atrativos visuais. Existem muitos museus por aqui, mas não fomos a nenhum deles, fomos apenas à Catedral e  à algumas lojas.


Market Platz


Prefeitura (Romer)

Igreja de São Nicolau

Vitral da catedral Dom

Dentro da catedral Dom
Almoçamos na rua do comércio chamada Zeil. Comemos um empanado de porco com batatas bem gostoso, apesar de apimentado. E rodamos bastante pelo centro, tirando fotos e vendo lojinhas.


almoço: carne de porco empanada com batatas  douradas
 Dia chuvoso é meio chato, mas a meteorologia diz que amanhã o tempo melhora e faremos um passeio a Rothenburg Ob The Tauber, uma cidade da famosa rota romântica alemã. Depois conto como foi.

Até Breve!

VIAGEM REALIZADA EM NOVEMBRO DE 2012

Chegando a Frankfurt de avião


Guten Morgen, amigos!
Estou na Alemanha! Mais especificamente em Frankfurt. Eu e uns amigos resolvemos fazer uma viagenzinha juntos e o primeiro destino era a terra de Goethe.
Viemos de Air France, portanto, fizemos conexão em Paris e foi bem chatinho porque eu trouxe uma mala pequena de 9 quilos mais uma mochila como bolsa pessoal (é, amigos, mesmo viajando para o  inverno europeu, eu continuo sendo aquela pessoa que detesta despachar bagagem) e isso passou tranquilamente no voo Rio-Paris, mas quando cheguei para fazer o check-in em Paris, eles me barraram dizendo que eu tinha duas bagagens e tive de despachar a mala. Claro que troquei um monte de coisa da mala para a mochila e esta veio pesando muito mais do que estava antes. O que me deixou chateada foi que, quando estávamos subindo naquela escadinha para entrar no avião, um cara na minha frente estava com uma mala do tamanho da minha e uma mochila! Por que ele podia e eu não??
Enfim, os voos foram bem tranquilos, o único incoveniente foi não ter conseguido dormir nadica em nenhum dos dois voos! Chegamos no aeroporto de Frankfurt moídas!!! E é um aeroporto gigantesco! E tudo escrito nessa língua que eu não falo (descobri que pior que não saber falar a língua do país, é não conseguir entender o que está sendo dito!). Não foi muito fácil descobrirmos como pegar o metrô, mas acabamos nos acertando. Saímos no terminal 2, que é o menor, de onde vêm os aviões provenientes da Europa e tínhamos que ir para o terminal 1, que é onde está a interligação com o metrô. Fomos seguindo as placas que diziam "estação de trem" e chegamos um trenzinho (sky line) que, logo na parada seguinte, nos deixou no terminal do metrô que aqui se chama U-bahn. Há também um S-bahn que uma espécie de trem de subúrbio e era esse que tínhamos que pegar (ambos param na mesma estação do aeroporto), pois como estávamos hospedados num hotel ao lado da estação Central (Frankfurt Hauptbahnhop ou apenas Frankfurt Hpb), eu já sabia que teríamos de pegar o S-8 ou o S-9 na plataforma (que em alemão é "gleis") 1. Do aeroporto até a estação Central pelo S-9 são quatro estações apenas. Dá uns 15 minutos, pois a distância entre elas é grande.


O bom é que o hotel fica exatamente ao lado da saída para a Münchner Strasse que é a rua do Leonardo Hotel que foi onde ficamos. O hotel é bom, limpo, quarto grande, chuveiro bom e cama confortável. Tivemos que pagar logo na entrada, igual albergue. Achamos estranho, mas talvez seja por causa da crise que a Europa está passando...
Depois que todos já haviam chegado, fomos até uma loja chamada DM que é uma mistura de farmácia e mercado e que vende umas marcas alemãs que são baratas e boas. Compramos algumas coisinhas e depois fomos caçar um lugar para comer, mas parece que só existe padaria nesse lugar.Foi bem difícil achar um lugar que tivesse comida de verdade aberto (e não eram nem 20h!). Encontramos uma pizzaria aqui na rua.


Também descobrimos um mercadinho dentro da estação Central chamado Lhr Platz, onde compramos algumas guloseimas, inclusive um biscoitinho delicioso de chocolate chamado Afrika, que eu já havia comprado no Brasil na sessão de importados e que aqui é infinitamente mais barato! Aliás, a vizinhança do hotel é meio estranha. Muitos mendigos, prostitutas, gente esquisita na rua....talvez isso se dê pela proximidade com a estação de trem. Fomos dormir cedo, então não sei como é muito tarde, mas não sei se quero descobrir...

Até breve!!!

VIAGEM REALIZADA EM NOVEMBRO DE 2012