terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Passeio ao Delta do Tigre

Hola, amigos!

Um dos passeios mais agradáveis que fiz em Buenos Aires foi ao Delta do rio Tigre. Através de uma comunidade do orkut encontrei um guia chamado Pablo, entrei em contato com ele e agendei o passeio para o meu único sábado livre na cidade.
Inicialmente eu iria sozinha, mas na sexta-feira anterior, conheci dois primos no hostel (Filipe e Igor) e ficamos amigos naquela noite, então chamei-os para irem comigo.
O sábado estava lindo! Céu azul e sol brilhando. Devia estar uns 35 graus ou mais e, pontualmente, as 9h o Pablo chegou ao hostel para nos buscar. Começava ali nosso dia maravilhoso! Fomos à estação do Tren de la Costa, que é um trem turístico que vai passsando por vários lugares interessantes.


A cada estação é possível parar, descer, explorar o lugar e depois pegar o próximo trem, tudo com a mesma passagem. Paramos na estação de San Isidro, um local deliciosamente aprazível, com fontes, muitas ruas arborizadas, vistas lindas (inclusive do Uruguai!) e uma catedral belíssima! Ficamos ali por quase 1 hora explorando as ruelas, observando as pessoas, tirando fotos.








De lá, pegamos o trem novamente até a estação final: Tigre. O local é muito pitoresco! Há um passeio de Catamaran pelo delta do rio que leva até o rio da Prata (aquele mesmo que a gente estuda na escola nas aulas sobre a guerra da Cisplatina!). É um trajeto delicioso! O catamaran vai passando por várias casinhas que as pessoas mais abastadas de Buenos Aires usam como casa de veraneio. Aliás, o Tigre é um local de verão, onde os porteños tomam sol e se banham no rio como se fosse uma praia...é curioso de ver.







Durante o passeio, resolvemos ir para a proa do catamaran para tirar mais fotos e quando eu menos esperava o barco deu uma abaixada, o que fez com que uma onda se formasse e desse um banho em todos nós! Eu tinha sido batizada pelo rio Tigre! Nada que tirasse o meu humor, na verdade, até gostei, pois o calor era muito forte e aquele banho veio bem a calhar.
Após desembarcarmos, fomos explorar o Tigre. Descobrimos um local interessante chamado "Puerto de Frutos", que originalmente era uma feira que, de acordo com o nome, só vendia frutas. Com o passar do tempo, virou uma feira turística onde se vende de tudo, inclusive frutas! Comprei cerejas! Lindas, deliciosas e baratíssimas!



Depois fomos ao "Trilenium", um cassino que existe lá. Foi incrível, pois eu só tinha visto cassinos em filmes e, de repente, entrar em um era uma aventura! É tudo aquilo que vemos nas películas: muita luz artificial, muito neon, muitas máquinas de todo tipo de jogos, muitas pessoas perdendo tudo e poucas ganhando alguma coisa. É bonito, pena que fotos do lado de dentro são proibidas...



A gente subiu até o segundo andar, onde ficam as roletas e os jogos com cartas. Observando as pessoas jogarem, dá pra entender porquê tem gente que perde a vida em cassinos! É incrível como se volta a ser criança naquele ambiente! É um clima de brincadeira que nos envolve e os mais incautos certamente não se dão conta de quanto perdem nessa tentativa de retornar à infãncia...
Nós jogamos também. Na verdade, apenas eu e Igor jogamos. Comprei duas fichas de 5 pesos cada. Joguei apenas uma. A outra eu guardei de recordação! Só quando cheguei ao hostel, descobri que não era permitido levar aquela ficha para casa, mas aí já era tarde...

Depois de toda essa aventura fomos almoçar em uma restaurante, com ar condicionado, onde comi um "bife de chorizo" que é basicamente o nosso contra filé, super macio e delicioso!! Veio acompanhado com um purê de calabaza (abóbora) muito bom também! Rimos, conversamos, contamos sobre nossas expectativas de viagens futuras, enfim, nos divertimos!
Depois voltamos do Tigre por um trem comum, muito diferente do Tren de la Costa e muito parecido com o trem da Central aqui do Rio na década de 90. Havia ambulantes vendendo desde lixa de unha até picolé, além de pessoas pedindo dinheiro, enfim...nada turístico como o tren de la Costa, mas muito interessante para perceber que a realidade das grandes capitais não difere muito na América do Sul.


Saindo da estação, pegamos um táxi e fomos ao Bosque de Palermo passear pelo rosedal.


Depois demos uma passadinha no jardim Japonês...



De lá fomos ás Galerias Pacífico, um shopping que fica na calle Florida e que tem uma abóbada lindíssima, repleta de afrescos.


No piso inferior há uma sorveteria chamada "Freddo" onde tomei o melhor sorvete da minha vida!!!Depois passeamos um pouco pela calle Florida e, a essa altura, já estávamos mortos de cansados, pois eram quase 21h! Estávamos andando há 12 horas! Resolvemos voltar para o hostel. O Pablo nos colocou no metrô e, dali, sabíamos o caminho...
O dia foi muito agradável. O Pablo é uma pessoa muito bacana e a ida do Filipe e do Igor, além de ter nos aproximado mais, fez com que o passeio ficasse infinitamente mais divertido!

Contato do Pablo: infobuenosairestrip@hotmail.com
Perfil dele no Facebookhttp://www.facebook.com/buenosaires.tours

p.s. Este blog não ganha nada com a propaganda do serviço do Pablo, faço isso por amizade e por gostar verdadeiramente dos serviços dele.

VIAGEM REALIZADA EM JANEIRO DE 2009

8 comentários:

Sergio Casoetto disse...

Nossa!! Que maratona!!
Que bom que curtiu muito!!
Eu já morei em Tigre. É lindo lá!

Leonardo Manea disse...

oi Karlinha! acabei de ler todos os posts desde a viagem à Campos do Jordão, passando por Sampa e, finalmente, a sua linda aventura em Buenos Aires e estou maravilhado com tudo o que vi! Eu consigo sentir nas fotos que vc realmente se sentia diferente e muito feliz. As imagens ficaram BELISSIMAS! Algumas delas eu até salvei. As fachadas, os parques, o bosque.. e o museu do Carlos Gardel! Tenho muita vontade de conhecer! Enfim, o seu blog está delicioso de se apreciar. Fico contente em te ver assim tão feliz! As suas impressões de Buenos Aires são muito interessantes e instiga qualquer leitor a se interessar por um programa de intercâmbio destes! É muito bom conhecer a cultura de outro país, e só visitando-o para poder sentir a maravilhosa sensação que é a expansão de nossos horizontes. Gostei mesmo, Karlinha! SUPER BEIJO! hasta luego!

Marcio Nel Cimatti disse...

Oi Karla!!

Muito legal o blog! Caprichou nas imagens hein!!!!

Bjo!

Carola disse...

Olá Karla, embora eu já tenha ido com meu marido há dois anos para a região do Delta do Tigre, voltarei agora em novembro com minha mãe. Esta deverá ser uma viagem econômica, diferente da que eu fiz há dois anos. Naquela ocasião, paguei caro por uma excursão. Desta vez, pretendo fazer tudo muito parecido com seu passeio (ou seja, mais barato). Portanto, será que você ainda sabe os valores: do Trem de La Costa, e do catamaram que percorre o Rio?
Obrigada
Carola

Debora disse...

Oi Karla, td bem?
Me diz uma coisa, qt tempo vc levou para fazer esse passeio ao tigre e voltar? Estou indo esse final de semana pra lá e meu namorado queria fazer esse passeio, mas chegaremos lá sexta de manhã e voltamos na segunda de manhã, aí tenho medo de não dar tempo de ver as outras coisas.

Hermogeane disse...

ÓLÁ KARLA,QUE MASSA TUA VIAGEM!!!!
Olha moro aqui no interior da Bahia,e estarei indo com amigos em abril para B.Aires,me reponde o seguinte,vc diz ter ido de trem,onde vc pegou este trem?e voltou de catamarã p/B.Aires,ou vc fez lá um passeio,e retornou de trem?porque não no mesmo que vc foi?
Obg,bj
Geane

Anônimo disse...

Oi Karla,
Parabéns por essa página. Nos ajuda muito... Já montei o nosso programa aqui baseado nas suas dicas. Gostaria que vc me indicasse o contato de e-mail do Guia Pablo. Como foi o combinado com ele? Vc pagou a diária dele apenas ou além disso pagou as refeições e transportes? Muito agradecida. O meu e-mail: malygracia@hotmail.com

Claudio Granzotto disse...

Oi,
Adorei o passeio pelo delta do tigre, mas quando fui, o Trem da costa estava com defeito e ai tive que pegar o trem comum.
Me fale mais sobre o trem da costa, por favor, pois quero ir de novo.
abs
Claudio