quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Campos do Jordão

Olá, amigos!
Estive em Campos do Jordão no último fim de semana. Foi uma viagem curta e, se eu já não a tivesse pago com  antecedência, confesso que não teria ido...mas não foi de todo ruim. Revi algumas pessoas que trabalharam comigo e pudemos relembrar os velhos tempos e colocar as fofocas em dia!
A viagem em si foi fraca. Muito fraca! Mas teve um lado muito bom: fez eu descobrir que detesto viajar em excursão! Há tempo demais para fazer comprar e muito pouco tempo para se visitar o que realmente me interessa como museus, por exemplo.
A sorte é que não era a primeira vez que eu visitava a cidade da serra paulista, já havia estado lá duas outras vezes e, por isso, já conhecia os museus da região e os pontos turísticos mais importantes, contudo, não poder revê-los me fez repensar a importância que a maioria das pessoas dá ao conhecimento de um outro lugar, de uma outra cultura...fico imaginando como seria uma excursão à Europa! Imagina eu querendo ver o Louvre e o povo só querendo saber de comprar na Galeria Laffayette? Nossa! É a visão do inferno!

Bem, chegamos em Campos do Jordão na madrugada de sexta para sábado, lá pelas 3h30 da manhã e, claro, fomos dormir. Acordamos cedo no sábado, tomamos o café da manhã do hotel Ascona, que era muito gostoso, e saímos com destino ao Pico do Itapeva. Porém, diante da chuva que São Pedro insistia em mandar, não pudemos ir até o cume, então paramos nas "Duchas de Prata", ponto turístico no meio do caminho, onde existe uma cachoeira represada que dá nome ao lugar. Há também muitas lojas que vendem malhas, doces, chocolates e lembrancinhas para turistas.






Saímos de lá e fomos à uma loja de chocolates da Cacau Show. Pessoalmente eu achei um desperdício ir à uma loja que existe aqui no Rio em cada esquina, até porque lá em Campos existe uma fábrica de chocolate chamada "Araucária" que é muito mais interessante, pois tem um vídeo informativo sobre como surgiu o chocolate, além de se poder ver a fabricação das guloseimas através de um grande vidro no andar de cima, contudo, não era eu que fazia o roteiro, então fomos à loja da Cacau Show mesmo...



Depois, almoço! A excursão fechou um pacote com o restaurante "Marina" para dois almoços e um jantar e fomos comer lá. No sábado serviram feijoada. Estava até gostosa, embora esse não seja um dos meus pratos preferidos, mas o problema era que os garçons eram lentos demais e tinham memória de peixe dourado, então até a gente conseguir que a bebida chegasse, a comida já tinha acabado.
Após a refeição fomos ao centro da cidade para compras. Duas horas e meia para compras! Depois de uma hora eu não aguentava mais! Já tinha visto todas as lojas, experimentado todos os casacos e resolvi tirar fotos, já que o teleférico não estava funcionando em não pudemos subir.
À noite, jantar no mesmo restaurante. Rodízio de fondue. Estava muito gostoso! Principalmente o de chocolate!



Dia seguinte, domingo pela manhã, após tirar fotos do interior do hotel, da fachada, da recepção e de tomarmos café, fomos ao Palácio Boa Vista, que é a residência oficial de inverno do governador de São Paulo. Só tirei foto da fachada porque ninguém quis entrar...








Depois fomos ver o Museu Felícia Leirner, onde existem esculturas de concreto a céu aberto com as quais se pode interagir. É muito bonito, mas como o local é extenso, não pudemos ver tudo já que tínhamos apenas 20 minutos lá...um absurdo! 20 minutos no museu e 2h30 para compras! Fiquei revoltada!







De lá fomos à cervejaria Baden, Baden, uma fábrica de cerveja alemã que existe em Campos. Tirei umas fotos dos tonéis onde a cerveja é preparada.





Depois, almoçamos no mesmo restaurante, dessa vez foi churrasco. Gostoso também. Já me preveni e pedi logo duas águas de uma vez pois o garçon demorava tanto que eu preferi garantir logo.
Após o almoço, pegamos nossas coisas no hotel e viemos embora. Saímos as 14h30 de lá, mas só chegamos no Rio as 21h, tinha um engarrafamento monstro na serra das Araras! Enfim, fui pra casa da minha mãe, dormi por lá e só cheguei na minha casa na segunda, morrendo de saudade do meu espaço, das minhas coisas, da minha vida! Viajar é bom, mas quando a viagem não agrada muito, chegar em casa é sempre o melhor da viagem!

Á bientôt!

VIAGEM REALIZADA EM OUTUBRO DE 2008

Nenhum comentário: